Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Minsa cria gabinetes de ética e humanização

Gabinetes de ética e humanização com objectivo de formar quadros para o atendimento ao público serão criados em 2019, em todo país, pelo Ministério da Saúde (Minsa) junto dos hospitais de referência, anunciou hoje, quinta-feira, no Lubango, a titular da pasta, Sílvia Lutukuta.

Segundo a governante que trabalha na província, a primeira experiência foi feita em Luanda, onde diariamente são recepcionadas várias reclamações sobre o funcionamento hospitalar e, tem ajudado na melhoria da prestação de serviços aos utentes, quer em regime ambulatório, como de internamentos.

Informou que a intenção surge, pelo facto de o serviço de saúde a nível do país ser contestado por parte dos utentes, que reclamam sempre do mau atendimento dos técnicos.

Afirmou que a criação destes gabinetes, a funcionar com quadros do sector em várias áreas do saber, permitirá que as pessoas se sintam mais a vontade em deixar as suas preocupações e contribuições para melhorar os serviços de saúde e que todas elas sejam atendidas.

“Nós temos que prestar serviços humanizados e com a qualidade técnica necessária, fornecer medicamentos que também é outro grande desafio na senda do estatuto do Ministério da Saúde”, disse.

Logo, a estrutura vai responder dois serviços de formação técnico-profissional e atendimento com a inauguração deste gabinete.

Por outro lado, a ministra reiterou a necessidade de até 2019 serem construídos no país cinco centros de hemodiálise nas províncias de Benguela, Huambo, Cabinda, Lunda Norte e Huíla.

A governante sublinhou para além do tratamento, os centros vão responder igualmente pelos serviços de nefrologia de referência, no intuito de evitar congestionamento nos hospitais de Luanda.

Segundo disse, actualmente o sector está a concluir um estudo orçamental para a compra de materiais fora do país, com vista a garantir qualidade no atendimento dos serviços hospitalares.

A ministra participou hoje de um fórum de auscultação da juventude do governo da Huíla, decorrido no Pavilhão da centralidade da Quilemba, arredores desta urbe, na qualidade de convidada. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »