Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Malanje recebe vacina anti-rábica para oito pessoas

Centenas de casos de raiva registados na provncia em apenas três meses

O Programa Alargado de Vacinação (PAV) em Malanje recebeu nos últimos dias da sua direcção geral, em Luanda, 40 doses de vacina anti-rábica para humanos, correspondente a oito pessoas.

O supervisor provincial do PAV, Frederico Muatchimbau, disse na terça-feira, 16, que as quantidades são ínfimas depois de dois anos de rotura.

“Há uma semana atrás chegou-nos a vacina anti-rábica, mas só vieram 40 doses a dividir por cinco só chega para oito pessoas, mas como veio poucas quantidades vamos criar uma comissão para o acompanhamento da vacina”, disse.

Sabe-se que desde o princípio do ano a raiva provocou dezenas de mortes, mas oficialmente não existe uma estatística definida.

“Nos primeiros meses deste ano eu comecei a contabilizar durante 3 meses, e como já não tínhamos esperança da vacina antirábica parámos de contabilizar [porque a agricultura já não enviava mais casos aqui, porque sabendo que já não havia vacina], mas nesses 3 meses chegamos a 380 casos”, precisou.

“Durante esse ano tivemos sete óbitos, dos quais dois óbitos vieram do município de Marimba e os cinco óbitos aqui na sede”, disse.

Mais de dez pessoas dos municípios de Malanje, Luquembo e da vizinha província do Cuanza-Sul, atacadas por cães vadios, acorreram os serviços do Programa Alargado de Vacinação desta cidade com apenas vacinas para 8 pessoas.

Lurdes Manuel moradora do município do Luquembo foi atacada por um cão no fim de um dia trabalho na lavra.

Joana Yongo Pimpão foi outra das vítimas de mordedura no bairro Quizanga, na cidade de Malanje.

“Fui mordida por um cão que eu mesma não conheço de onde saiu, foi numa Sexta-feira. Como estava incomodada não pude aparecer aqui, mas hoje (dia 16), me senti estabilizada e tive a oportunidade de chegar aqui”, explicou.

Dezenas de cães vadios circulam pelas diferentes artérias de Malanje, onde o perigo é eminente.

Malanje tem uma população demais de um milhão de habitantes. (VOA)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »