Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Escola no Palanca evacuada por degradação da infra-estrutura

A escola primária 8021, ex 1209, localizada no distrito urbano do Palanca, município do Kilamba Kiaxi, província de Luanda, onde estudam mais de 800 alunos, está a ser evacuada devido ao avançado estado de degradação da sua infra-estrutura.

A informação foi avançada à Angop, hoje, quinta-feira, por uma fonte afecta à direcção da escola tendo confirmado que devido ao mau estado de conservação do estabelecimento de ensino foi já evacuado o 2º piso da escola.

Neste momento, precisou, os alunos transferidos estão a estudar em turmas do primeiro piso, por apresentar mais segurança.

Informou que para permitir a conclusão do ano lectivo por parte dos alunos, a Direcção Municipal da Educação do Kilamba Kiaxi, por orientação da Delegação Provincial da Educação de Luanda, orientou a antecipação das provas finais para os alunos da iniciação até a 5ª classe.

Fez saber que os da 6ª classe serão transferidos, a partir de segunda-feira (22) para a escola 8050, também localizada no distrito urbano do Palanca.

Revelou que a infra-estrutura da escola primária 8021 já apresenta sinais de degradação há muito tempo e desde 2016 que os responsáveis da instituição escrevem para as autoridades superiores reportando o facto, mas até agora não dão solução ao caso.

Nos últimos meses, contou, o problema agravou-se e a 16 de Junho, deste ano, durante a celebração do Dia da Criança Africana, verificou-se a queda de fragmentos de blocos de cimento e de areia.

“Essa situação deixou a direcção da escola e os alunos alarmados. Por isso deu-se a conhecer o sucedido à Direcção Municipal da Educação do Kilamba Kiaxi e à administração local que enviaram uma equipa de técnicos à escola para avaliar a gravidade do acontecimento”, relatou.

Nesta visita de inspecção, salientou, os técnicos decidiram que os alunos seriam transferidos para outra escola, em 2019, mas há 15 dias parte de um dos pilares desabou e outro rachou, provocando a destruição de uma das janelas e a inclinação do edifício.

Esta situação, narrou, fez acelerar o processo de retirada dos alunos, para a demolição da escola e a construção de uma outra.

A escola, situada no bairro Palanca I, apresenta também problemas de saneamento por falta de água corrente e rede de esgoto, assim como tem as casas de banho inoperantes.

Construído em 2010, o imóvel possui dois pisos. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »