Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Angola com recessão de 6% no primeiro semestre deste ano e de 0,1% em 2017

A recessão que se verifica em Angola desde 2016 agravou-se no primeiro semestre deste ano, em que a atividade económica teve uma quebra média de 6,05%, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Na nota de imprensa sobre a evolução do PIB (toda a riqueza produzida no país), com base em dados do Departamento de Contas Nacionais e Coordenação Estatística, a atividade económica caiu 4,6% no primeiro trimestre do ano, e agravou a queda para 7,4% no segundo trimestre face aos trimestres homólogos do ano passado, resultando numa quebra semestral de 6,05%.

Na terça-feira à noite, a Lusa tinha noticiado que a economia angolana tinha agravado o cenário de recessão no segundo trimestre, com uma queda de 7,4% no PIB face ao período homólogo de 2017, uma quebra motivada sobretudo por setores como as pescas (-10,0%), indústria transformadora (-8,8%), extração e refinação de petróleo (-8,4%) e extração de diamantes e outros minerais (-6,1%).

Trata-se da terceira quebra homóloga (-7,4%) no PIB angolano mais acentuada no histórico disponibilizado pelo INE, desde 2010, apenas ultrapassada pela queda de 11,33% no quarto trimestre de 2015 e pela descida de 7,55% no terceiro trimestre de 2016.

De acordo com os dados apresentados pelo INE, Angola enfrentou um crescimento negativo de quase 2,6% em 2016, que se seguiu a uma expansão de quase 1% em 2016.

No ano passado, de acordo com o INE, o segundo maior produtor de petróleo na África subsaariana registou uma contração na atividade económica de 0,1%, o que contrasta com as previsões do Fundo Monetário Internacional feitas há uma semana, no World Economic Outlook, que apontavam para uma contração de 2,5% no ano passado e de 0,1% este ano.

Crescimento da economia
2010…..4,7%
2011…..3,4%
2012…..8,5%
2013…..4,9%
2014…..4,8%
2015…..0,9%
2016…..-2,5
2017…..-0,1%
2018…..-6%
NOTA: Valor de 2018 contempla apenas o primeiro semestre
FONTE: Instituto Nacional de Estatística de Angola (Observador)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »