Portal de Angola
Informação ao minuto

Guiné Equatorial produziu menos 2.000 barris de petróleo por dia em Setembro – OPEP

Imagem ilustrativa (DR)

A produção petrolífera da Guiné Equatorial diminuiu cerca de 2.000 barris por dia em Setembro, segundo dados da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

De acordo com o último relatório mensal da OPEP, consultado hoje pela Lusa, a Guiné Equatorial alcançou uma produção diária de 126 mil barris de petróleo, com dados baseados em fontes secundárias da Organização.

A Guiné Equatorial foi o país com menor produção petrolífera em Setembro entre os 15 que integram a OPEP, imediatamente atrás de países como Gabão (187 mil barris por dia), República do Congo (312 mil barris por dia) e Equador (531 mil barris por dia).

O relatório da OPEP refere também que, em termos de “comunicações directas”, a Guiné Equatorial terá visto a sua produção diária em Agosto crescer 10.000 barris face a Agosto.

Segundo os dados fornecidos por entidades oficiais à Organização, a Guiné Equatorial terá produzido 123 mil barris em Agosto.

Nos últimos 20 anos, a exploração dos recursos petrolíferos foi o principal pilar para o crescimento da economia equato-guineense.

Para evitar uma dependência elevada da exploração do petróleo, o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), comprometeu-se, em Setembro, a apoiar a diversificação económica no país, através de um programa que incidirá, entre outros, sobre a transformação agrícola.

De acordo com dados do BAD, a queda do preço do petróleo afetou os investimentos públicos, que em 2017 representaram 17,2% do Produto Interno Bruto (PIB) da Guiné Equatorial, diminuindo face aos 24,6% registados em 2013. (Angop)

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »