Smiley face

Professores devem incutir nos alunos regras básicas de higiene pessoal

0 30

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Professores e encarregados de educação, em Mbanza Kongo, província do Zaire, foram nesta segunda-feira recomendados a incutirem nos alunos e educandos o hábito de lavar regularmente as mãos com água e sabão.

A recomendação é da administradora municipal de Mbanza Kongo, Nzuzi Makiese, frisando que as mãos limpas, sobretudo, entre as crianças, ajudam a prevenir o contágio de certas doenças infecciosas e concorrer na redução da mortalidade infantil.

“Os professores e encarregados de educação devem auxiliar as crianças na observância de regras de higiene pessoal, como lavar as mãos antes de comer, depois das necessidades fisiológicas e das actividades de lazer”, reforçou.

A administradora municipal falava no acto municipal comemorativo do 15 de Outubro, dia internacional de lavagem das mãos, que hoje se assinala.

Reconheceu haver ainda insuficiência no abastecimento de água potável à população na localidade, bem como a falta desta em muitas das instituições locais de ensino.

Para o director da escola primária nº 31, localizada na zona da Bela Vista, bairro 11 de Novembro, onde decorreu o acto, a data serve de incentivo para o cumprimento dos cuidados básicos de higiene e saúde.

Luvuvamu Vakanda, aproveitou a ocasião para reafirmar que os dois mil e 25 alunos que frequentam o presente ano lectivo, na instituição, têm sido orientados para a observância das referidas regras de higiene.

A escola possui 28 salas de aula e funciona em dois períodos (matinal e vespertino), detendo um corpo docente constituído por 28 professores. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »