Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Privatização de empresas públicas pode impulsionar mercado de acções

O programa de privatização integral e parcial de 74 empresas públicas, aprovado pelo Executivo angolano, por via da Bolsa de Dívida de Valores de Angola (BODIVA), poderá impulsionar o surgimento de mercado de acções corporativas, considerou esta sexta-feira, em Luanda, o presidente da Comissão de Mercados de Capitais (CMC), Mário Gavião.

O responsável, que falava à imprensa, à margem da 41ª Reunião Bianual do Comité de Seguros, Valores Mobiliários e Instituições Financeiras Não-Bancárias da África-Austral (CISNA), advogou a necessidade da aprovação efectiva deste programa, para que as empresas que reúnam requisitos de admissão no mercado de bolsa possam concretizar os seus objectivos.

De acordo com Mário Gavião, é importante que Angola tenha um mercado de títulos e secundário que funcione em pleno, porque a partir deste se estabelecerá a curva de referência, para o surgimento de outros mercados de acções e dívida corporativa.

Apontou a auditoria das contas, bem como a estrutura de governance virada para a transparência e que sigam as melhores práticas, como os principais requisitos necessários para admissão das empresas na Bolsa.

A Comissão de Mercados de Capitais (CMC), no quadro das privatizações de empresas e outros desafios, fez sair regulamentos dos emitentes de valores mobiliários, das ofertas públicas, enquanto que a BODIVA publicou um conjunto de normas que estabelecem os requisitos para a negociação no mercado.

“As condições estão criadas para as empresas, tão logo preencham os requisitos de admissão na Bolsa, podem ter o espaço para irem ao mercado e abrirem o seu capital”, referiu.

De Janeiro a Setembro deste ano, foram transaccionados na BODIVA 598 mil milhões, 820 milhões, 674 mil e 344 kwanzas, registando um aumento na ordem de 63,18% em comparação com o período homólogo de 2017.

Neste período, a Bolsa efectuou 746 negociações em Bilhetes de Tesouro (BT) e em Obrigações de Tesouro (OT). (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »