Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Tamar Golan lança novo artista

A Galeria Tamar Golan vai lançar mais um artista plástico angolano emergente, com a exposição individual Um Passo Para o Futuro, a primeira da carreira de um artista emergente Bozene Lebwele. A exposição, a inaugurar na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura na Sexta-feira, dia 12 de Outubro, pelas 18:00 horas, ficará patente ao público até ao dia 5 de Novembro.

O ARTISTA

Bozene Lebwele Nzinga nasceu a 16 de junho de 1980 em Mbanza Congo, na Província do Zaire. Como sucedeu com muitos dos seus compatriotas, a vida levou-o ao vizinho Congo (RDC), onde a sua família passou vários anos afastada da guerra civil que assolou Angola. Começou as estudar artes plásticas aos 15 anos e o ensino médio já o fez Instituto de Belas Artes de Kinshasa, terminando em 2006. Naturalmente, prosseguiu os estudos de arte na Academia de Belas Artes da capital congolesa, concluindo o grau de Bacharel em 2011. Antes disso, no entanto, já frequentava o atelier de escultura do seu pai, Griffe Bozene. Hoje é membro do Atelier Mawete. Depois de marcar presença em sucessivas exposições colectivas entre 2010 e 2016, realiza agora a sua primeira exposição individual na Galeria Tamar Golan.

SOBRE O ARTISTA E A EXPOSIÇÃO

Caminhar em direcção ao futuro é evoluir e melhorar, é deixar o olhar vaguear em múltiplas direcções e ir pela trajectória da vida, é enfrentar desafios. O primeiro grito do ser humano ao vir ao mundo é também a sua primeira filosofia, é o que faz com que ele se esforce para ficar em pé e projectar os seus primeiros passos.

Em “Um Passo Para o Futuro”, Bozene Lebwele traz-nos um conjunto pictural que resulta de muitos desafios e, já, de alguma experiência. O artista mostra-nos as suas paletas cromáticas quentes, plenas de energia, explosivas mesmo, onde utiliza muito bem um estilo de gotejamento à Jackson Pollock, referência do expressionismo abstracto.

Com um percurso ainda no início mas marcado pela tarimba da Academia de Belas Artes e pela passagem por alguns bons ateliers, Bozene é mais um jovem artista angolano emergente que conta com o apoio da Fundação Arte e Cultura e a Galeria Tamar Golan. (Nota enviada à nossa redacção com pedido de publicação)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »