Smiley face

Tamar Golan lança novo artista

0 27

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Galeria Tamar Golan vai lançar mais um artista plástico angolano emergente, com a exposição individual Um Passo Para o Futuro, a primeira da carreira de um artista emergente Bozene Lebwele. A exposição, a inaugurar na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura na Sexta-feira, dia 12 de Outubro, pelas 18:00 horas, ficará patente ao público até ao dia 5 de Novembro.

O ARTISTA

Bozene Lebwele Nzinga nasceu a 16 de junho de 1980 em Mbanza Congo, na Província do Zaire. Como sucedeu com muitos dos seus compatriotas, a vida levou-o ao vizinho Congo (RDC), onde a sua família passou vários anos afastada da guerra civil que assolou Angola. Começou as estudar artes plásticas aos 15 anos e o ensino médio já o fez Instituto de Belas Artes de Kinshasa, terminando em 2006. Naturalmente, prosseguiu os estudos de arte na Academia de Belas Artes da capital congolesa, concluindo o grau de Bacharel em 2011. Antes disso, no entanto, já frequentava o atelier de escultura do seu pai, Griffe Bozene. Hoje é membro do Atelier Mawete. Depois de marcar presença em sucessivas exposições colectivas entre 2010 e 2016, realiza agora a sua primeira exposição individual na Galeria Tamar Golan.

SOBRE O ARTISTA E A EXPOSIÇÃO

Caminhar em direcção ao futuro é evoluir e melhorar, é deixar o olhar vaguear em múltiplas direcções e ir pela trajectória da vida, é enfrentar desafios. O primeiro grito do ser humano ao vir ao mundo é também a sua primeira filosofia, é o que faz com que ele se esforce para ficar em pé e projectar os seus primeiros passos.

Em “Um Passo Para o Futuro”, Bozene Lebwele traz-nos um conjunto pictural que resulta de muitos desafios e, já, de alguma experiência. O artista mostra-nos as suas paletas cromáticas quentes, plenas de energia, explosivas mesmo, onde utiliza muito bem um estilo de gotejamento à Jackson Pollock, referência do expressionismo abstracto.

Com um percurso ainda no início mas marcado pela tarimba da Academia de Belas Artes e pela passagem por alguns bons ateliers, Bozene é mais um jovem artista angolano emergente que conta com o apoio da Fundação Arte e Cultura e a Galeria Tamar Golan. (Nota enviada à nossa redacção com pedido de publicação)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »