Smiley face

Incumprimentos na prestação de alimentos lidera no Cuanza Norte

0 23

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Incumprimentos na prestação de alimentos e abandono de lar, com 37 e 14 casos, respectivamente, lideram a lista de 125 conflitos familiares submetidos à intermediação e aconselhamento do Gabinete Provincial da Acção Social, Família e Igualdade no Gênero do Cuanza Norte, no período de Julho à Setembro do ano em curso.

Dados do balanço trimestral da instituição, a que a Angop teve acesso hoje, segunda-feira, apontam o comportamento negativo e machista de alguns progenitores que persistem na prática da poligamia, apesar da baixa condição económica que ostentam, se sujeitando a queixas junto do Gabinete Provincial da Família por recusa da assistência às esposas e filhos.

A par dos referidos casos, a instituição registou igualmente 29 casos de ofensas morais, 18 agressões físicas, seis adultérios, cinco despejos, três usurpações de bens e igual número de chantagens.

A fuga à paternidade, acusação de prática de feitiçaria, difamação e calúnia constam igualmente dos conflitos que mereceram a intermediação do Gabinete Provincial da Família e Igualdade no Género durante o último trimestre em que foram transferidos 18 casos aos órgãos de Justiça, por falta de consenso entre as partes envolvidas.

Comparativamente ao segundo trimestre do ano em curso, a instituição registou uma redução de 139 conflitos no género, fruto das acções de sensibilização das famílias por via de programas radiofónicos e palestras em instituições públicas, igrejas e locais de grande concentração populacional (mercados) sobre a importância do diálogo como via ideal para a solução de conflitos familiares. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »