Portal de Angola
Informação ao minuto

Portugal dispõe de 24 milhões de Euros para sociedade civil angolana

EMBAIXADOR DE PORTUGAL EM ANGOLA, JOÃO CAETANO DA SILVA (FOTO: BELARMINA PAULINO)

A Embaixada de Portugal em Angola dispõe de 24 milhões de Euros para apoiar projectos de organizações da sociedade civil nas áreas da agricultura familiar, redução de perdas pós-colheitas, armazenamento, reservas de alimentos e sistemas de captação e conservação de água.

Esta componente terá seguramente impacto no reforço das capacidades destas organizações, contribuindo a médio e longo prazos para uma maior participação da sociedade civil nas políticas públicas, considerou o embaixador português em Angola, João Caetano da Silva, na cerimónia de lançamento oficial do Programa de Fortalecimento de Resiliência, Segurança Alimentar e Nutricional em Angola denominado (FREZAN), do qual é parceiro.

“O FREZAN criará também múltiplas oportunidades económicas quer de forma directa, através da criação de rendimento e emprego, e indirectamente no fortalecimento das economias regionais”, disse.

O embaixador sublinhou que o programa vai valorizar a agricultura familiar, procurar contratar empresas de mão-de-obra locais e apoiar o empreendedorismo local, através de financiamento e assistência técnica, para o desenvolvimento do negócio agrícola.

No programa lançado, que tem o apoio na União Europeia, Portugal participou com um financiamento estimado em cerca de 65 milhões de Euros. (Angop)

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »