Smiley face

Porque é (e em que é) que o arroz integral é melhor que o branco?

0 22

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Hidratos de carbono integrais devem ser sempre preferidos. Sim, mas no caso específico do arroz, há mais a dizer.

Dizer que atum com arroz é dos pratos ‘favoritos’ dos estudantes é facilmente justificado com dois argumentos: é barato e fácil de fazer.

Provavelmente por isto, e a par da versatilidade de pratos que este ingrediente garante, o arroz é usado em cozinhas por todo o mundo, estando presente em incontáveis dispensas sob as mais variadas formas: agulha, carolino, basmati, integral, alongado… a cada tipo, uma especificidade e, dizem os nutricionistas, o arroz integral é de todos o mais indicado.

Para começar, é um grão complexo, ou seja, mantém a camada externa, rica em fibra, o núcleo, rico em nutrientes e a camada intermediária, composta por amido. Esta composição é bem mais completa e nutritiva do que aquela com que conta o arroz branco que é um grão refinado, composto apenas pela camada intermediária que leva a grande perda de nutrientes.

Além do seu aspecto nutritivo, e como diz o Live Science, o arroz integral é relativamente baixo em calorias, rico em fibra e não contém glúten nem gorduras trans (as consideradas más para o organismo humano).

Toda esta composição traz vários benefícios para a saúde como a redução do colesterol, melhora o sistema digestivo, promove a sensação de saciedade e previne o surgimento de coágulos de sangue. Ainda, são vários os estudos que apontam a relação entre grãos complexos e baixo risco de desenvolvimento de vários tipos de cancro. (Notícias ao Minuto)

por Mariana Botelho

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »