Portal de Angola
Informação ao minuto

Chefe da polícia de trânsito no Cubal acusado de violar reclusa

Imagem ilustrativa. (DR)

Armindo Soma, chefe da secção da Polícia de Trânsito no Cubal, província de Benguela, está a ser acusado de violar sexualmente uma jovem detida no Comando Municipal.

O crime aconteceu no Sábado, 29, quando o inspector-chefe Armindo Soma, de 53 anos, que se encontrava de braçal como Oficial Dia, chamou a reclusa para o seu gabinete, pensando ela que se tratava de mais um interrogatório rotineiro. Posta lá, terá sido obrigada a tirar a roupa e forçada a manter relação sexual.

Saiu do gabinete aos prantos e aos gritos, queixando- se de dor na bexiga. O assunto chegou aos ouvidos de muita gente e do comandante municipal que, de imediato, accionou os mecanismos legais junto da procuradoria local.

O porta-voz da Polícia Nacional em Benguela, Pinto Caimbambo, confirmou o caso a OPAÍS , acrescentando que o acusado, que conta 34 anos de serviço na Polícia, já se encontra detido. Pinto Caimbambo lamentou o facto de um homem com um percurso longo enveredar por esta prática, mas garante que comportamentos desta natureza não vão ser tolerados dentro da corporação.

Importa realçar que em Fevereiro deste ano, o comandante da Unidade de Trânsito do município do Lobito, Ernesto Ferreira dos Santos, foi também acusado de se ter envolvido sexualmente com uma menina de 13 anos de idade. O caso já se encontra em julgamento. (O País)

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »