Smiley face

Candidato ao governo de São Paulo atacado a tiro

0 20

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O candidato ao governo de São Paulo Adriano da Costa e Silva sofreu um ataque a tiro na noite de quarta-feira enquanto viajava de carro, divulgou o próprio na rede social Facebook.

A assessoria do candidato referiu que dois homens numa moto cercaram o carro onde o candidato seguia com o seu coordenador de campanha, o capitão Hamilton da Silva Munhoz. Da moto, foram efetuados disparos contra o veículo, que acabou por se despistar e cair a um rio.

O candidato do partido Democracia Cristã (DC), um major do exército, sofreu “ferimentos leves”, mas encontra-se fora de perigo e sob proteção policial, de acordo com uma publicação na sua página de Facebook. O caso foi registado na esquadra do município.

Um dos tiros acertou no coordenador de campanha, mas este usava colete à prova de bala e saiu ileso do ataque.

Os dois ocupantes só conseguiram sair do veículo após eles próprios dispararem tiros contra o para-brisa, segundo o site de notícias G1, e foram levados para o Hospital Santa Helena, em São Paulo.

O hospital confirmou que o candidato deu entrada na emergência da instituição na noite de quarta-feira com “dores no corpo decorrentes de um acidente” de viação.

A Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo classificou o acontecimento como uma tentativa de homicídio, numa declaração oficial, segundo o G1. (Notícias ao Minuto)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »