Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Vale a pena perceber os três tipos de dor de cabeça mais comuns

Muitas vezes, uma aspirina e um ‘isto já passa’ não são suficientes. Ouça o seu corpo.

Beber muita água e descansar bem são os principais pontos para se evitar uma dor de cabeça, contudo, este parece ser um desconforto de que muitos sofrem e nem sempre percebem a sua origem nem identificam o tipo de dor de cabeça.

Como explica Sarah Brewer, são três as dores de cabeças mais comuns: dores de cabeça por tensão, enxaquecas e ‘dor de cabeça Cluster’. Sobre cada uma, explicaremos os sintomas e riscos associados para que facilmente sejam identificadas.

Dor de cabeça por tensão: a dor surge nos lados da cabeça como uma pressão constante que pode ser mais ou menos intensa e levar à sensação de dor no topo da cabeça, zona dos olhos ou por cima da nuca. Explica a especialista que esta é uma dor que pode acontecer em qualquer idade, já que se deve a tensão nos ombros e pescoço. Por ser uma tensão muito específica, não é um tipo de dor de cabeça que aumente com actividade física ou caminhar. Os maiores problemas apontados são a afectação à circulação sanguínea e a solução passa pela prevenção: garanta que tem uma boa postura no trabalho e procure uma massagem caso sinta demasiada tensão nos ombros. Para aliviar esta específica pressão, deve também pressionar levemente a zona entre as sobrancelhas, no arco entre a testa e o início da cana do nariz.

Enxaquecas: a dor é bem mais severa do que a maioria das dores de cabeça por tensão. Normalmente sente-se mais de um só lado da cabeça com foco de dor em torno de um olho. Neste caso sim, a dor piora quando pratica qualquer actividade, sendo comum a sensação de náusea, tonturas ou vómitos.

Quanto à causa, ainda não totalmente definida, aponta-se as mudanças na dilatação das veias sanguíneas que podem congestionar zonas do cérebro o que incapacita o seu normal funcionamento. Este problema pode-se dever ao stress, saltar refeições, falta de sono, fadiga, certos tipos de comida ou mesmo emoções extremas.

Dor de cabeça ‘cluster’: É ainda mais severa que a enxaqueca, sendo apontada por especialistas como a pior. A dor é acompanhada por olho lacrimejado e narina (do mesmo lado) congestionada, além de cara suada. Este problema tende a surgir por vários dias, mais ou menos sempre à mesma hora, por exemplo, sempre que acorda e embora após o episódio a vítima não sinta qualquer dor, fica com medo do próximo episódio, por saber que será bastante crítico. Por isso, um dos sintomas é psicológico (melontofobia), além disso, a consequência mais gravemente apontada é a extrema activação de zonas do cérebro que é exposto a grande stress. (Notícias ao Minuto)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »