Radio Calema
InicioAngolaSociedadeSindicato nega violação de privacidade por jornalistas

Sindicato nega violação de privacidade por jornalistas

O Secretário-geral do Sindicato dos jornalistas Angolanos (SJA),Teixeira Cândido, afirmou quinta-feira, em Luanda, estarem os profissionais da área a fazerem o seu trabalho correctamente, negando a ideia de violação de privacidade de qualquer figura pública.

O responsável fez esta afirmação à imprensa à margem do Colóquio sobre o Processo de Regulação no Espectro rádio-electrico e os Mecanismos de Auto-Regulação, realizado pela Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERCA), sobre os presos que se encontram na cadeia de São Paulo.

“Ninguém invadiu as cadeias e as casas dos suspeitos ou dos arguidos, o que se está a narrar são factos fora das cadeias. Então onde é que está a violação do segredo de justiça?”, interrogou-se.

O sindicalista afirmou que tem havido respeito sobre os limites do exercício da liberdade de imprensa, que são o segredo de justiça.

Lembrou que os factos públicados resultam de documentos vindos de pronunciamentos da Procuradoria Geral da República, citando como exemplo as acusações sobre os USD 500 milhões.

Referiu que dada a dimensão pública, pelo facto de serem pessoas com notoriedade e que ocuparam cargos de relevo no país, é natural que o processo não se esgote em simples anúncio, merecendo acompanhamento por parte da imprensa.

Por fim, apelou aos jornalistas a continuarem a fazer o seu trabalho porque as pessoas estão expectantes em ter informações, alertando, entretanto, para o cumprimento das regras. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.