Radio Calema
InicioAngolaSociedadeApresentado projecto de construção de Mausoléu para Simão Toco

Apresentado projecto de construção de Mausoléu para Simão Toco

A Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (Tocoista) apresentou, nesta sexta-feira, em Luanda, um projecto de construção de um mausoléu dedicado ao Profeta Simão Gonçalves Toco, em Ntaya, Maquela do Zombo (Uíge).

O acto, que decorreu no Centro de Convenções de Talatona, na capital do país, contou com a presença de diversas entidades políticas, religiosas, da sociedade civil e fiéis da Igreja Tocoista.

O mausoléu ao profeta Simão Toco terá cerca de 60 metros de altura e um diâmetro de mais de 100 metros, compreendendo vários compartimentos, onde o túmulo de Simão Toco e sua esposa Rosa Toco deverão ficar no centro.

Ao intervir na cerimónia, o líder da Igreja Tocoista, Bispo Afonso Nunes, afirmou que o projecto visa contribuir para o incentivo do turismo religioso com um lugar de referência, tanto para angolanos como para estrangeiros.

Referiu que espera que o mausoléu, cuja primeira pedra será lançada em Fevereiro de 2019, venha a ser um monumento importante para o país, pois vai enriquecer o mosaico cultural e religioso de Angola, bem como dignificar o homem angolano em particular e o africano em geral.

Considerou o projecto moderno e funcional, que irá incentivar o turismo religioso no país. O mesmo deve contribuir com elementos importante e neste caso com este símbolo que vai homenagear aquele que por muitos foi chamado de nacionalista, por outros profeta ou precursor da liberdade.

“ Todos esses atributos só manterão o seu valor caso se faça algo que dignifique o local onde o seu corpo foi depositado”, sustentou.

Entretanto, a secretária do presidente da República para os assuntos sociais, Fátima Viegas, afirmou que o mausoléu é um espaço que dignifica o profeta Simão Toco e vai permitir qualquer cristão, cientista ou historiador na área de ciências sociais poder estudar o percurso histórico da vida desse profeta.

Para Fátima Viegas, esta iniciativa é brilhante, pois homenageia o profeta Simão Toco e a mesma não se subscreve apenas em Angola, mas transcende a nível mundial.

O mausoléu, a ser erguido em Ntaya Maquela do Zombo, pela sua amplitude arquitectónica não é simplesmente uma obra para os tocoistas, mas é um “monumento para o pais que trará valor acrescentado ao património cultural e religioso de Angola”.

Simão Toco ultrapassou a dimensão de um simples nacionalista ou profeta, transformando-se assim num verdadeiro fenómeno e ícone de estudos em várias universidades do mundo. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.