Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Prisão de Zenu dos Santos e outras figuras significa cisão dentro do MPLA, diz jurista

As prisões de figuras proeminentes angolanas como Filomeno dos Santos indica uma cisão no seio do MPLA que vai atravessar “dias difíceis”, disse o jurista Albano Pedro.

Contudo outros dizem que pouco significa.

Com efeito enquanto uns acreditam que Angola está numa nova era de justiça, outros afirmam que tudo de lutas internas que não reflectem uma independência das autoridades judiciais que se limitam a seguir ordens do Presidente.

Chefe da diplomacia angolana diz que prisão de José Filomeno dos Santos é um processo normal
O jurista Pedro Caparakata minimizou a prisão a Filomeno dos Santos afirmando que quando este foi detido “já não era nada, apenas é filho de alguém que já não é mais Presidente”.

“Os juízes e Procuradores dependem do pronunciamento de uma única pessoa o Presidente da República”, disse.

“Eles só estão a prender porque o presidente João Lourenço avançou algo neste sentido”, acrescentou fazendo notar que “o presidente do Tribunal Supremo anda pelas províncias a apelar os juízes locais para agirem em conformidade as orientações do Presidente da República”.

“O mesmo tem feito o Procurador-Geral da República o que quer dizer que os dois andam a reboque de João Lourenço e por isso é um autêntico carnaval com fim meramente politica partidário”, acrescentou.

Já Elias Isaac da Open Society Angola diz não acreditar que as detenções resultem de orientações do Presidente da República: “Isto não tem nada a ver com os discursos de João Lourenço”.

“Trata-se de algo que já existia por debaixo do tapete que já foi denunciado várias vezes pela sociedade, só que estavam abafados pelos interesses dos agentes políticos que afectavam o sistema de justiça do país”.

Isaac afirmou contudo que as pessoas que rodeiam o Presidente “saíram dos vícios do passado”.

“Se ele pudesse trazer outras pessoas para o seu seio se calhar teríamos mais esperança na mudança”, acrescentou.

José Filomeno dos Santos está detido na cadeia de São Paulo e Jean-Claude de Morais na cadeia de Viana
Quem se surpreendeu com as detenções feitas nos últimos dias e acredita em mudanças é o jurista Albano Pedro que diz que se houver coerência, vários outros dirigentes vão seguir para cadeia.

O jurista vaticina dias difíceis no partido no poder: “Estas detenções em massa no meu entender vão pôr em causa a coesão interna do MPLA e o grande indício desta crise de coesão é a detenção de Zenu dos Santos filho do antigo Presidente”, disse.

“Foi uma demostração clara de uma suspeição que existem duas alas, a do actual Presidente da República e o antigo Presidente que estão desavindas”, disse. (VOA)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »