Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Combate à corrupção aumenta confiança internacional – UE

O combate à corrupção, à impunidade, a abertura que se está a dar a sociedade civil e a liberdade de imprensa em Angola aumenta a confiança da comunidade internacional, em particular dos Estados membros da União Europeia (UE).

O embaixador da União Europeia em Angola, Tomas Ulicny, defendeu que as medidas lançadas para a prática da boa governação reforçaram a confiança da população e da comunidade internacional, que passa a acreditar num sistema judicial imparcial e justo.

O diplomata falou nesta quinta-feira, em Luanda, durante uma reunião sobre “diálogo político entre o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos e os embaixadores dos Estados Membros da União Europeia em Angola”.

Na sua intervenção, considerou “encorajadoras e positivas” as reformas em curso no país.

Destacou as leis aprovadas em Angola em prol do empresariado estrangeiro e as visitas que o Presidente da República, João Lourenço, efectuou à Europa, mostrando a sua disponibilidade em consolidar as relações e mostrar o ambiente político e económico de Angola, importante passo para atrair os investidores.

Deste modo, assegurou que as relações entre Angola e os Estados membros da União Europeia se manterão ao mais “alto nível”, porque os europeus sentem-se revigorados.

Sobre a reunião, disse que serviu para procurar formas da UE apoiar o governo, no programa de registo das crianças, e reforçar o ambiente dos direitos humanos.

Nessa senda, o ministro da Justiça, Francisco Queiroz, reiterou que a União Europeia é o principal parceiro de Angola em matérias de direitos humanos, augurando o apoio deste organismo na melhoria da estratégia do governo angolano 2018/2022.

A mesma estratégia está estruturada em sete partes, nomeadamente, a do enquadramento legal institucional de direitos humanos, evolução histórica de direitos humanos, situação actual dos direitos humanos, plano angolano para vencer os desafios e constrangimento em direitos humanos, quadro de acções a vencer para conquistar a maioridade em direitos humanos, os meios e instrumentos de execução da estratégia do executivo em matérias de direitos humanos e o calendário de execução da estratégia.
(Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »