Radio Calema
InicioDestaquesPrisão domiciliária: Norberto Garcia transferido para sua residência no Benfica a seu...

Prisão domiciliária: Norberto Garcia transferido para sua residência no Benfica a seu pedido

O ex-director da Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP), Norberto Garcia, foi transferido, nessa quarta-feira, a seu pedido, para a sua residência no distrito urbano do Benfica, município de Belas (Luanda), apurou a Angop.

O arguido cumpria pena de prisão domiciliar num apartamento no bairro Maculusso, desde 19 de Setembro último, aplicada pelo Tribunal Supremo, na sequência de uma acusação do Ministério Público.

Norberto Garcia é pronunciado, juntamente como outros nove arguidos, pela prática dos crimes de associação criminosa, fabrico e falsificação de títulos de crédito, falsificação de documentos e de uso de documentos falsos, burla por defraudação na forma frustrada, promoção e auxílio à imigração ilegal e tráfico de influência.

O seu nome é associado a uma rede de indivíduos que tentaram, de forma fraudulenta, negociar uma operação de financiamento internacional de 50 mil milhões de dólares, propostos por uma empresa tailandesa e destinada a vários projectos em Angola.

No quadro desse processo, estava também sob investigação Geraldo Sachipengo Nunda, ex-chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA).

O processo de Sachipengo Nunda foi arquivado, porque o tribunal “não vislumbrou indícios que configurassem quaisquer infracções penais”.

No quadro do mesmo processo, o Tribunal Supremo decretou a prisão preventiva aos arguidos de nacionalidade tailandesa Raveeroj Rithchoteanan, Monthita Pribwai, e Theeara Buapeng, ao canadiano Andre Louis Roy, ao eritreu Million Isaac Haille, bem como aos angolanos Celeste Marcolino de Brito António e Christian Albano de Lemos.

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) anunciou, a 6 de Março último, a detenção de seis estrangeiros e dois angolanos que, em 2017, anunciaram um financiamento de 50 mil milhões de dólares para apoiar projectos. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.