Radio Calema
InicioAngolaSociedadeAugusto Tomás vai permanecer na cadeia, MP afasta caução

Augusto Tomás vai permanecer na cadeia, MP afasta caução

Segundo o Jornal de Angola, o porta-voz da Procuradoria-Geral da República, Álvaro João, afastou a possibilidade de pagamento de caução por parte dos arguidos para que estes respondam em liberdade.

Ao reagir informações postas a circular segundo as quais o ex-ministro dos Transportes, Augusto Tomás, que se encontra em prisão preventiva, estaria a tentar pagar uma caução para responder em liberdade, o jurista esclareceu que a Lei das Medidas Cautelares em Processo Penal é clara e fornece várias medidas que o Ministério Público pode “lançar mãos”.

No caso concreto (de Augusto Tomás), adiantou, depois de o Ministério Público ter decretado a prisão preventiva, está excluída a possibilidade de prestação de caução e os arguidos responderem em liberdade.

Álvaro João disse que isso só seria possível se o próprio Ministério Público, no seu despacho, ordenasse que, ao invés de se decretar prisão preventiva, fosse substituída por caução.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.