Radio Calema
InicioMundoEUAMembro de campanha de Trump abandona CNN após acusações

Membro de campanha de Trump abandona CNN após acusações

Jason Miller era analista na cadeia de televisão. É acusado por uma mulher de lhe ter dado uma pílula abortiva sem consentimento.

Jason Miller, antigo colaborador na área de comunicação da campanha que levou Donald Trump à Casa Branca, deixou o seu cargo de comentador na CNN.

A decisão do analista político surge após graves acusações terem vindo a público.

Arlene ‘AJ’ Delgado acusa Miller de lhe ter dado uma pílula abortiva sem consentimento, após ter descoberto que estava grávida. O caso foi divulgado pelo Splinter, que teve acesso aos documentos da acusação em tribunal.

Jason Miller, que começou como comentador na CNN no ano passado, nega as acusações. Foi o próprio quem anunciou no sábado que se iria demitir do cargo de comentador na CNN ao mesmo tempo que iria tentar provar a sua inocência.

A Variety recorda que Jason Miller foi um dos nomes escolhidos a dada altura para integrar o staff de Donald Trump na Casa Branca, precisamente como responsável de comunicação. No entanto, o seu caso extraconjugal com Arlene ‘AJ’ Delgado veio a público, o que terá prejudicado as suas hipóteses de ser escolhido. (Notícias ao Minuto)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.