Radio Calema
InicioCulturaDestaques CulturaGovernador enaltece espírito destemido de rei Mandume

Governador enaltece espírito destemido de rei Mandume

O governador da província do Cunene, Virgílio Tyova, enalteceu hoje, sábado, no município de Namacunde, o espírito destemido e os feitos do rei Mandume-Ya-Ndemufayo na luta contra a invasão e opressão colonial.

O governante teceu estas considerações no final de uma visita realizada ao Complexo Turístico de Oihole, local onde repousam os restos mortais do rei Mandume-Ya-Ndemufayo, que hoje completa 101 anos desde a sua morte.

Disse ser necessário homenagear Mandume-Ya-Ndemufayo, por ser uma personalidade que deu a sua vida pela liberdade e soberania do seu povo.

Lembrou que Mandume-Ya-Ndemufayo não temeu nem recuou perante o poderio militar dos invasores, demonstrando o espírito destemido que deve nortear a governação na província do Cunene.

Frisou que Mandume defendeu a sua população até as últimas consequências, lutando contra a opressão do regime colonial português instalado no território angolano.

Durante a luta de ocupação colonial, Mandume lançou a sua celebre frase “se o governo português quiser ocupar a minha terra resistirei enquanto tiver um cartucho e um soldado capaz de atirar e se for vencido suicido-me”, assim aconteceu em 1917, na localidade de Oihole.

Mandume ascendeu ao trono com 23 anos de idade, sucedendo seu tio materno o rei Nande em 1911, tendo governado o seu reino por um período de sete anos. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.