Smiley face

Governação participativa é o lema de Joana Lina

0 169

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A nova governadora da província do Huambo, Joana Lina Ramos Baptista Cândido, assumiu hoje, sexta-feira, a governação participativa como lema do seu mandato.

Discursando no acto de recepção das pastas, orientado pelo ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, disse que vai contar com a população na sua tarefa de governação.

Segundo a governante, apesar de ser uma responsabilidade muito grande assumir este cargo, o êxito da sua missão dependerá da entrega total de todos os membros da sociedade civil, na identificação de problemas e respectivas soluções.

“Só poderei chegar a bom porto e atingir os resultados desejados se todos os presentes e demais membros da sociedade estiverem também dispostos, disponíveis e prontos para participar e trabalhar em comum”, salientou.

Joana Lina prometeu dar continuidade aos projectos em curso, no âmbito da melhoria da qualidade de vida, informando que a população da província do Huambo deve esperar dela muito trabalho.

Também considerou importante manter a diversidade de cada um dos 11 municípios desta região, essencialmente na maneira de ser e de estar de cada um dos seus habitantes, para que todos eles possam participar, efectivamente, nas acções tendentes ao progresso social e económico.

Por este motivo, a governadora disse que vai aplicar toda a sua sabedoria e inteligência, para cumprir da melhor forma possível a sua missão “podem, efectivamente, contar que eu farei o possível e o impossível para que os passos dados pelo governador cessante possam encontrar continuidade”. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »