Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Português condenado a um ano de prisão por vandalismo em avião da TAAG

Um cidadão de nacionalidade portuguesa foi condenado, na quarta-feira, por um tribunal de Luanda a um ano de prisão por ter vandalizado um avião da TAAG – Linhas Aéreas de Angola e proferido palavras obscenas aos assistentes de bordo.

Trata-se de Rubem Martins Nunes, de 34 anos, que na terça-feira, durante uma viagem entre Lisboa e a capital angolana, “insurgiu-se” contra o pessoal de bordo da companhia aérea angolana, por supostamente estes não satisfazerem os seus anseios.

Por se tratar de um réu primário e não haver agravantes, a pena poderá ser suspensa e convertida numa multa de 8800 dólares (7500 euros), informou à agência noticiosa angolana Angop o oficial de segurança da TAAG, José de Sousa, detalhado que o julgamento sumário ocorreu na 4.ª Secção de Crimes Comuns.

“O incidente aconteceu por volta das 12 horas, ainda no espaço aéreo europeu, numa altura em que o passageiro português em causa, funcionário da Refriango, pretendia ocupar três assentos para descansar e ouvir música, desejos que lhe foram frustrados”, resumiu a fonte.

Este é o segundo caso de vandalismo em voos da TAAG registado neste ano, tendo o primeiro ocorrido em abril, implicando o cidadão angolano Nuno Mário Lopes Pereira, de 39 anos, condenado no dia 10 deste mês pelo Tribunal Municipal da Ingombota.

Por ter arrancado um dispositivo eletrónico do Boeing 777-300 que fazia a rota Rio de Janeiro/São Paulo/Luanda, o jovem músico foi sentenciado a pena de quatro meses de prisão correcional pelo crime de danos voluntários não previstos especialmente cometidos a bordo do avião. (Jornal de Notícias)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »