Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Chineses pretendem investir no Bengo

Autoridades do governo e empresários da cidade de Taizhou, República Popular da China, pretendem investir no sector de saúde, educação, agricultura e turismo no município do Dande, província do Bengo.

A intenção foi manifestada hoje, quinta-feira, em Caxito, no final de um encontro de troca de experiências entre a comitiva da cidade de Taizhou e do governo do Bengo, realizado em Caxito, pelo porta-voz da comitiva chinesa, Nimo Hau.

O porta-voz explicou que em Angola escolheram a província do Bengo por ter muita água e rios, semelhante a Taizhou, frisando que caso haja acordo entre as partes os empresários chineses poderão investir.

Revelou que Taizhou é uma cidade moderna, com uma população estimada em cinco milhões de habitantes, repartidas em 13 municípios e que possui vasta experiência nos sectores de saúde, educação e cultura, que podem ser úteis para o desenvolvimento do município do Dande, no Bengo.

Por sua vez, a governadora do Bengo, Mara Quiosa, destacou a importância da realização do encontro de promoção de troca de experiência, entre a cidade de Taizhou e o município do Dande, província do Bengo.

Sublinhou que a China é um país com alto nível de desenvolvimento, muitas acções e projectos de sucessos, principalmente no domínio de infraestruturas, área que a província do Bengo tem muitas dificuldades.

A governante espera que depois deste encontro possam trabalhar juntos mediante acordo, para a implementação dos projectos que visam a melhoria de energia, águas, saneamento básico, educação, turismo, com realce para a saúde, onde a cidade de Taizhou atingiu a excelência, com nova tecnologia de ponta em equipamentos hospitalares e medicamentos.

Em Caxito, a comitiva do governo da cidade de Taizhou da República Popular da China, chefiada pelo vice-presidente da Assembleia da Taizhou, Wang Jian, visitou o Hospital Provincial do Bengo, onde constatou o funcionamento da área de cirurgias, bem como a Barragem das Mabubas. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »