Receitas em emolumentos baixam na província

0 29

As receitas provenientes dos emolumentos de emissão de licença e credencial para exploração de recursos minerais baixaram, na província do Cunene, no período de Janeiro a Agosto deste ano, para 550 mil e 259 kwanzas, contra 1.416.882 kwanzas arrecadados no período homólogo.

A redução deveu-se a situação financeira que o país atravessa, disse hoje à Angop, em Ondjiva, o chefe de Departamento dos Recursos Minerais no Cunene, Hermenegildo Mário,

No período em análise foram explorados um total de 104.544 metros cúbicos de inertes entre areia e solos para o aterro.

Quanto a reposição das áreas exploradas, informou que o sector tem vindo a promover campanhas de sensibilização junto as empresas, no sentido destas, após abandonarem a mina, fazer a devida reposição ambiental.

Das 36 empresas existentes ligadas a produção de inertes na província, só cinco estão autorizadas a explorar inertes, sobretudo areia, pedras e brita, destinados a construção civil. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »