País lidera absorção de activos em África

0 21

Angola está entre os três países da África Subsahariana que mais activos fixos – infra-estruturas e equipamentos – recebem até 2025, prevendo-se a obtenção de 5,1 mil milhões de dólares (1,457 triliões de kwanzas) em investimentos dessa índole, de acordo com números divulgados ontem pela companhia internacional de consultoria Global Data.

O país emprega essa soma em dez projectos na área de petróleo e gás, o que equivale a 15 por cento de um total de 64 empreitadas nesse domínio preconizadas para a África Subsahariana entre 2018 e 2025.

A anteceder Angola, figuram a Nigéria e Moçambique que, durante esse período, absorvem investimentos em activos fixos de 17,3 e 7,6 mil milhões de dólares, indica um relatório da empresa de consultoria citado no site especializado “Marketscreener”. “Na África Subsahariana, a Nigéria lidera os investimentos em activos imóveis ‘Capex’, com dez projectos de petróleo e gás a deverem começar a operar entre 2018 e 2025, seguida de Moçambique, com dois projectos”, lê-se no artigo que cita um relatório desta consultora analítica de dados.

Na Nigéria, a maior economia africana, há 13 projectos anunciados, a que se juntam mais dez em Angola, segundo o relatório sobre os investimentos na área do petróleo e gás na África Subsahariana, que afirma haver um total de 64 projectos nesta área a começar as operações entre 2018 e 2025.

“A produção total de crude dos projectos anunciados e planeados na África Subsahariana deve chegar aos dois milhões de barris por dia em 2025 e a produção de gás deve atingir os 8,1 mil milhões de pés cúbicos por dia”, disse o analista Joseph Gatdula, citado no artigo da Global Data.

No total, os Estados e as empresas devem investir 40,7 mil milhões de dólares no desenvolvimento dos projectos planeados em despesas de investimento em activos fixos, com o que ficam totalizados 117,1 mil milhões de dólares. (Jornal de Angola)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »