Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Mais de 1.800 mulheres foram assassinadas nos EUA em 2016

Mais de 1.800 mulheres foram assassinadas nos Estados Unidos em 2016 e 93% dos crimes foram cometidos por homens que conheciam a vítima, de acordo com uma organização americana sem fins lucrativos.

Os dados, divulgados na terça-feira pela Violence Policy Center (VCP), referem-se a 2016, o último ano em que há registos, e foram obtidos a partir do FBI, unidade de polícia do Departamento de Justiça norte-americano.

Em 2016, foram assassinadas naquele país 1.809 mulheres, mais 123 do que no ano anterior, indicou a VCP, organização norte-americana para o controlo de armas.

Do total de homicídios, uns esmagadores 93% foram cometidos por homens conhecidos da vítima. Mais de 60% eram companheiros.

Os estados com a maior taxa de feminicídios foram o Alasca, Luisiana, Nevada, Arkansas e Tennessee, acrescentou.

Das mulheres assassinadas, 1.188 eram brancas ou hispânicas, 517 afro-americanas, 55 asiáticas ou do Pacífico, 26 indígenas e 23 não foram identificadas. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »