Radio Calema
InicioAngolaRegiõesPecuaristas acreditam em crescimento do sector com novo governador

Pecuaristas acreditam em crescimento do sector com novo governador

O director da Cooperativa de Criadores de Gado do Sul de Angola (CCGSA), Luís Gata, disse acreditar que a nomeação de Luís Nunes para novo governador da Huíla venha imprimir maior dinamismo na execução de projectos virados para o sector pecuário, com destaque para matadouro industrial.

Actualmente, Luís Nunes, é ainda presidente da Cooperativa de Criadores de Gado do Sul de Angola, criada em 2004, por iniciativa do criador do já falecido Fernando Borges, na altura com 15 fazendas e hoje com 90 das províncias da Huíla, Namibe, Cunene, Huambo, Benguela e Cuando Cubango, Cuanzas Norte e Sul e Malanje.

Em declarações à Angop hoje, no Lubango, o pecuarista disse que a construção do matadouro no município da Chibia está sob responsabilidade do Executivo angolano, o que, na sua óptica, se afigurará como uma referência no processo de desmanche e na conversão da carne.

Disse que por ser um homem ligado à área, tem certeza que o projecto será concretizado, por se tratar do primeiro empreendimento do género na província, com as respectivas estruturas complementares, o que equilibrará a situação sanitária do abate de animais.

Disse esperar um incentivo aos criadores, para que haja um aumento exponencial de reprodutores com raças melhoradas, pois os associados e eventualmente os criadores, que grande maioria são associados à cooperativa.

“O facto do presidente da CCGSA, ter sido nomeado para governador da província, por um lado prejudica-nos, ligeiramente, pois deixarmos de poder contar com o excelente trabalho que executou na nossa cooperativa, mas, por outro, também temos a expectativa generalizada para todas as empresas da província de que as coisas vão melhorar, pois conhecemos a capacidade de gestão que Luís Nunes tem e de certeza que no sector vai dar uma contribuição positiva”, afirmou.

O novo governador será apresentado esta quarta-feira pelo ministro da administração do território, Adão de Almeida. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.