Smiley face

Educação no Cunene auscultas proposta para Política do Livro Escolar

0 25

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Gabinete Provincial da Educação do Cunene realizou hoje, terça-feira, na cidade de Ondjiva, uma sessão de auscultação pública para análise da proposta para Políticas do Livro Escolar que irá regular a elaboração, edição e certificação de manuais académicos do ensino geral do país.

Na ocasião, a chefe de Departamento da Educação da província do Cunene, Lúcia Yolene, que orientou os trabalhos, disse que a proposta de quatro capítulos e 25 artigos visa, de forma regular e satisfatória, trazer uma nova abordagem aos manuais do ensino geral no país.

O que se pretende, explicou, é garantir que os livros sejam utilizados nas escolas como instrumentos do processo de realização, ampliação e aprofundamento da estrutura cognitiva do aluno, incluindo a dimensão educativa, instrutiva e o desenvolvimento da pessoa.

Fez saber que o Executivo está comprometido com a promoção do bem-estar da população, sendo a educação um factor indispensável nesse processo, por permitir a promoção de competências, habilidades, atitudes, valores e princípios éticos.

A Política do Livro Escolar vai abranger os manuais de todos os níveis do ensino geral do subsistema de Educação Pré-escolar, Ensino Geral, Formação de Professores, Técnico-Profissionais e Educação de Adultos, que serão de utilização obrigatória nas instituições de ensino públicas, particulares e comparticipadas.

Participaram do encontro membros da sociedade civil, professores e directores de escolas. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »