Radio Calema
InicioMundoÁfricaViolência étnica provocou 23 mortos este fim de semana na Etiópia

Violência étnica provocou 23 mortos este fim de semana na Etiópia

A violência entre etnias provocou pelo menos 23 mortos este fim de semana nos subúrbios da capital etíope, Addis Abeba, na região Oromo, segundo a agência de notícias oficial, ENA.

O chefe da polícia da região oromo, Alemayehu Ejigu, citado pela ENA, referiu que um grupo organizado cometeu uma série de assassínios e pilhagens em Burayu, a oeste de Addis Abeba, do qual resultaram 23 mortos e 886 deslocados.

Segundo a mesma fonte, foram enviadas para a região forças da ordem para evitar um agravamento da violência e 70 suspeitos foram ja presos, segundo a mesma fonte.

“O primeiro-ministro Abiy Ahmed condenou veementemente esses assassinatos e os atos de violência contra cidadãos inocentes”, disse Fitsum Arega, chefe de gabinete do primeiro-ministro, num post no Twitter. “Estes ataques cobardes ameaçam a unidade e solidariedade de nosso povo, e responderemos de forma adequada”.

Manifestantes protestaram hoje em Addis Abeba contra a violência do fim de semana acusando os jovens Oromos de atacar outros grupos étnicos do sul da Etiópia que se estabeleceram nos últimos anos em redor da capital, na região Oromo.

A capital etíope é uma cidade multiétnica de 4 milhões de habitantes, localizada em plena região Oromo, que regista um forte crescimento populacional e se expande gradualmente para além dos seus limites geográficos.

No final de 2015, protestos sem precedentes contra o governo, liderados pelos Oromo, levaram à renúncia do antecessor de Abiy no início de 2018. Os protestos foram desencadeados por um projeto de expansão do território da capital à custa da região Oromo. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.