Radio Calema
InicioDestaquesÉ preciso reconhecer as figuras que lutaram por Angola

É preciso reconhecer as figuras que lutaram por Angola

O presidente da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) considerou “terrivelmente injusto” o não reconhecimento de outras figuras que não sejam do MPLA, mas que também se bateram para que o país fosse independente.

Lucas Ngonda, que falava ao Jornal de Angola em alusão ao Dia do Herói Nacional, referiu que a efemêride não é consensual. “A data do nascimento de Agostinho Neto, considerada como Dia do Herói Nacional, não é consensual para todo o povo de Angola e para todas as sensibilidades que estiveram envolvidas na luta de libertação nacional”, assegurou.

O líder do histórico movimento de libertação de Angola considerou que a Independência Nacional foi obra do sacrifício de milhares de angolanos anónimos, algo que, segundo ele, não tem sido referido. “Sem desprimor para a pessoa de Agostinho Neto, existem figuras que se bateram por Angola e permanecem no anonimato”, afirmou.

Para Lucas Ngonda, Mário Pinto de Andrade foi o primeiro presidente do MPLA, pois foi ele que conduziu a campanha política e diplomática em toda a Europa, a partir de Paris, para a libertação de Agostinho Neto, então prisioneiro político em Portugal. Lamentou o facto de, durante todo este tempo, não se ter falado de Mário Pinto de Andrade como um herói nacional. (Jornal de Angola)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.