Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Xadrez: Angolanos falham objectivo no mundial da Turquia

A 130ª posição com 4,5 pontos do mestre internacional (MI) David Silva e 92ª com 3,5 ponto em feminino da MI Esperança Caxita, no Campeonato do Mundo de Xadrez na categoria de juniores que terminou sábado na Turquia, foi muito abaixo do objectivo da Federação Angolana da modalidade (FAX), afirmou secretário-geral da instituição, Manuel Pedro.

Em declaração à Angop por ocasião da participação dos tricampeões de África da categoria no mundial, o responsável disse que almeja ficar ao meio da tabela classificativa, dado o nível competitivo da prova, que contou com 150 xadrezistas em masculino e 98 em feminino de 62 países.

Se os angolanos chegassem a meio da tabela melhorariam os seus elos (força de jogo).

Angola teve a melhor participação em mundial da modalidade nesta categoria em 1985, em que o especialista, Alberto Jorge, ficou na 9º posição.

O secretário-geral da FAX disse que a participado angolana foi a antecâmara para as Olimpíadas de Batumi (Geórgia) que vai acontecer de 24 de Setembro a 5 de Outubro.

Manuel Pedro informou que Angola vai para Geórgia com uma caravana de 10 jogadores, um arbitro internacional cinco membros de direcção da FAX que vão participar de acção formativa naquele país.

Informou que a caravana deve partir na sexta-feira, caso consigam resolver todos assuntos de carácter administrativo e financeiros.

A MI Esperança Caxita e o MI David Silva vão sair da Turquia para Geórgia para se juntar a caravana nacional.

Os tricampeões de África para as Olimpíada de Batumi vão estar ladeados de mais oito compatriotas, entre os quais, a mestre Fide (MF) Ednásia Júnior, MF Luzia Pires, Irinea Gabriel e Delfina João, Sérgio Miguel, MI Luciano Oliveira, MI Erickin Soares e MI Catarino Domingos.

Esperança Caxita sagrou-se pela primeira vez campeã africana em 2013 e depois em 2014. Falhou o troféu em 2015 e em 2016 recuperou o troféu.

Já David Silva, depois de tê-lo feito na edição de 2014 que Angola albergou, falhou em 2015 e sagrou-se tricampeão continental júnior em Vitória, Ilhas Seychelles, em 2016 e em 2017. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »