Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Trump terá oferecido 5 mil milhões à Palestina para negociar com Israel

Jared Kushner e Jason Greenblatt, os enviados da administração norte-americana para o Médio Oriente, terão convencido o presidente dos EUA a avançar com esta proposta.

Os Estados Unidos terão oferecido cinco mil milhões de dólares (4,3 mil milhões de euros) à Autoridade Palestiniana para voltar a sentar-se à mesa das negociações com Israel para que seja encontrada uma solução para o conflito no Médio Oriente. Esta é uma informação que está a ser avançada pelo jornal israelita Globes, que cita fontes diplomáticas norte-americanas.

De acordo com a notícia do Globes, os enviados da administração Trump para o Médio Oriente, Jared Kushner e Jason Greenblatt, terão convencido Donald Trump a fazer esta proposta à Palestina. O valor em causa tem uma razão de ser: baseia-se no programa de reconstrução e de desenvolvimento da Autoridade Palestiniana.

O jornal refere que a proposta não é um ultimato, mas que define uma data para o início das negociações entre palestinianos e israelitas.

A notícia já foi desmentida por Jason Greenblatt, que no Twitter referiu-se ao artigo do Globes como sendo um “mito”.

“Quando o plano de paz for divulgado, se a Autoridade Palestiniana quiser a paz e melhorar as vidas dos palestinianos, a Autoridade Palestiniana deve rever o plano e empenhar-se. É uma ideia absurda pagar cinco mil milhões de dólares para que uma das partes ‘regresse à mesa das negociações’. Como é que isso iria conseguir a paz?”, escreveu o enviado norte-americano.

Recentemente, a administração Trump decidiu encerrar os escritórios da Organização para a Libertação da Palestina em Washington. Para além disso, cortou o financiamento de 300 milhões de dólares (cerca de 258 milhões de euros) à UNRWA, a Agência da ONU de Assistência aos Refugiados da Palestina no Médio Oriente. (Notícias ao Minuto)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »