Radio Calema
InicioDestaquesReserva estratégica de petróleo do país ainda sem definição

Reserva estratégica de petróleo do país ainda sem definição

Angola ainda está por definir a sua reserva estratégica de petróleo, como reserva de segurança, em termos de quantidade e tempo de armazenamento.

Tendo em conta esta realidade, o Instituto Regulador de Derivados do Petróleo (IRDP) está a trabalhar com os operadores do sector petrolífero para definir qual será a reserva de segurança a ser definida como reserva estratégica, disse hoje o seu director Albino Ferreira.

Albino Ferreira, que dirige o IRDP há dois meses da sua entrada em funcionamento, fez essas declarações no final de uma visita às principais instalações da Sonangol Logística na província de Luanda.

A respeito do assunto, o administrador para Área Comercial da Sonangol Logística, Dionísio da Rocha Júnior, disse, durante a visita ao Terminal Marítimo (Temar), que deve ser revisto os tempos de reservas estratégicas.

Actualmente trabalham com um tempo de 15 dias de reservas, mas a determinação do horizonte temporal, segundo o gestor, carece de uma definição.

O responsável disse que no tempo do conflito armado havia sido estabelecido uma reserva estratégica, mas nesse contexto de paz não se definiu.

A Sonangol Logísitica tem uma capacidade de armazenamento flutuante ( no mar) de combustíveis de 335 mil metros cúbicos, correspondente a 48,3 porcento, e 358 mil e 511 mil metros cúbicos em terra (51,7%) de todos produtos. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.