Smiley face

Obras de arte patentes em Luanda para celebrar Dia do Herói Nacional

0 30

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Livros académicos e literários, obras de artes plásticas, artesanato, gastronomia e roupas africanas estão expostos desde hoje, sexta-feira, até domingo, no Parque da Independência, em Luanda, para saudar o 17 de Setembro, Dia do Herói Nacional.

Na amostra denominada “Festineto”, promovida pela Fundação António Agostinho Neto(FAAN) e em que participam mais de 50 expositores, entre nacionais e estrangeiros, haverá ainda a actuação de músicos e grupos de dança folclórica, lançamento de livros e outorga do Prémio Nacional de Investigação Agostinho Neto.

Ao proceder a abertura do evento, Maria Eugénia Neto, presidente da FAAN e viúva do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, disse que a sua instituição, cada vez mais, redobra as actividades de carácter educativo nos domínios cultural, científico, desportivo e da acção social.

Por seu turno, o presidente da Organização dos Pioneiros de Agostinho Neto (OPA), António Rosa, recorda que o fundador da nação angolana foi líder e amigo da crianças, daí que a sua instituição vai continuar a trilhar pelos seus ensinamentos de amor à pátria.

Agostinho Neto nasceu a 17 de Setembro de 1922, na aldeia de Caxicane, município de Icolo e Bengo, e morreu a 10 de Setembro de 1979 em Moscovo, então União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »