Radio Calema
InicioAngolaPolíticaMinistério das Pescas e do Mar apresenta plano de desenvolvimento

Ministério das Pescas e do Mar apresenta plano de desenvolvimento

A Comissão do Ministério das Pescas e do Mar que trabalha no Moxico, desde o passado dia 12 deste mês, apresentou quinta – feira, no Luena, o plano de desenvolvimento do sector a nível das províncias que praticam a pesca marítima e as do interior que efectuam a pesca continental.

No acto da apresentação aos membros do governo local, a directora nacional de Infra-estruturas e Indústria do Ministério das Pescas e do Mar, Maria Filomena de Mata disse que o documento, que também programa o ordenamento para pesca e aquicultura, é um contributo para produção e diversificação da económica.

A responsável explicou que, o plano denominado por “Poupa”, apresenta o grande potencial do sector para o desenvolvimento nacional, contribuindo não só na segurança alimentar, mais também, para o emprego e alívio da pobreza da população.

Apontou que o “Poupa” tem como objectivo geral, a promoção do desenvolvimento sustentável do sector, contribuição para coesão e unidade nacional, criação de emprego, melhoria da qualidade de vida da população e a inserção competitiva de Angola no contexto regional e internacional.

Como objectivos específicos, acrescentou, o plano visa assegurar a sustentabilidade da exploração dos recursos da pesca marítima e continental, de forma a garantir as gerações vindouras, apoiar e fomentar o desenvolvimento integrado, coordenado e sustentável, reduzindo os desequilíbrios regionais e criar a coesão e unidade nacional.

No âmbito da diversificação da economia nacional, explicou que o sector vai trabalhar, não só pensando no produto para o consumo interno, mas também salvaguar o fornecimento do pescado para a população angolana, regional e internacional.

Para tal, referiu, o sector deverá estar devidamente preparado para que o produto possa chegar aos países vizinhos, cujo processo, já funciona de uma maneira informal ou formal.

Melhorar o emprego para garantir as condições de vida e a qualidade de alimentação da população, apoiar e fomentar a melhoria para eficiência económica e competitividade, assegurar o valor da qualidade e segurança do pescado e outros produtos da pesca, consolidar as bases administrativas pesqueiras, são entre outra finalidade do “Poupa”.

Na visão internacional, indicou que o plano do ministério aceita para o sector marítimo, crescimento azul e gestão integrada dos recursos baseados na abordagem dos ecossistemas para o sector das pescas na aquicultura.

Fez saber que o plano promove o desenvolvimento através de uma gestão adaptativa, interactiva e contínua, tendo como linhas orientadoras, a sustentabilidade dos recursos pesqueiros, adequando a capacidade de pesca, as possibilidades de captura sustentáveis. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.