Escola técnica de saúde necessita de 20 professores

0 21

Vinte professores nas diversas especialidades são necessários para reforçar a escola técnica de saúde, na província do Namibe, informou hoje, sexta-feira, o director da instituição, Inocêncio Satchilombo.

Em declarações à Angop, o responsável apontou ainda a necessidade de mais 12 salas de aulas e seis laboratórios para as disciplinas técnicas e práticas, campo polivalente para a prática de desporto e educação física, um espaço para biblioteca e um espaço para anfiteatro.

A Escola Técnica de Saúde no Namibe ministra diversos cursos nas opções de analises clínicas, enfermagem, estatísticas sanitárias, estomatologia, farmácia e fisioterapia.

A instituição controla actualmente mil e quatrocentos e seis estudantes da 10 a 13ª classe, distribuídos em 30 turmas, dos quais 15 são de ensino regular.

O processo de ensino e aprendizagem é assegurado por 96 professores, dos quais 43 efectivos, 18 colaboradores e vinte e seis voluntários.

A instituição funciona com quatro laboratórios de enfermagem, análises clínicas, farmácia, e informática. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »