Radio Calema
InicioEconomiaZEE garante competitividade das empresas

ZEE garante competitividade das empresas

A Zona Económica Especial (ZEE) Luanda/Bengo oferece condições e ambiente que garantem a competitividade e afirmação das empresas nacionais no mercado regional e internacional, afirmou, quarta-feira, na capital do país, o ministro da Economia e Planeamento, Pedro da Fonseca.

O governante, que falava durante o acto de tomada de posse do novo Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento da ZEE, disse que as acções concorrentes para a competitividade e extensão das empresas nacionais constituem factores fundamentais para a concretização do processo de diversificação económica em curso no país.

Apelou ao Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento da ZEE no sentido de criar as condições institucionais necessárias para que se reforce a actividade económica privada de forma competitiva e sustentável.

“A ZEE possui ambiente necessário para que a actividade económica privada ocorra com custos mínimos”, acrescentou.

Exortou aos novos responsáveis da Sociedade de Desenvolvimento da ZEE a empenharem-se, cada vez mais, nas suas tarefas para que os objectivos preconizados sejam concretizados com êxito.

Já o presidente do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento da ZEE, António da Silva, garantiu que o novo elenco vai engajar-se na execução das tarefas, cumprindo com zelo as suas responsabilidades.

Sem avançar as prioridades, o gestor disse que a nova administração vai inteirar-se da realidade da empresa para, consequentemente, dar outros passos.

Além de António da Silva, o ministro da Economia e Planeamento empossou os administradores executivos do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento da ZEE, nomeadamente, Álvaro Santos, Dalva Allen, Amorbelo Sitongua e Carlos André, respectivamente.

Os respectivos administradores foram nomeados, por Decreto Presidencial, terça-feira, substituindo a antiga gestão, liderada por António de Lemos.

Criada em 2009, pelo Decreto nº 57/09, de 13 de Outubro, com o objectivo de fomentar o emprego e criar competitividade entre as indústrias nacionais, a ZEE garante mil e 366 postos de trabalho directos com o funcionamento de 22 unidades industriais.

A ZEE estende-se pelos municípios de Viana, Cacuaco, Icolo e Bengo (Luanda), Dande, Ambriz e Nanbuangongo (Bengo). (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.