Radio Calema
InicioGovernoActividades PartidáriasÁlvaro Boavida Neto aponta as prioridades

Álvaro Boavida Neto aponta as prioridades

A preparação das condições para a participação nas eleições autárquicas e a consolidação do processo de reconstrução do país constituem os eixos prioritários do consulado do novo secretário-geral do MPLA.

Álvaro de Boavida Neto afirmou ontem no Cuito que a realização das eleições autárquicas e a consolidação do processo de reconstrução do país constituem eixos prioritários durante o seu consulado.

Álvaro de Boavida Neto, que se apresentou aos militantes do partido depois de ter sido eleito no último fim-de-semana ao cargo de secretário-geral do MPLA, no VI congresso extraordinário, disse contar com a participação activa de todas as estruturas do partido para o sucesso na sua nova missão.

O político, que liderou o MPLA no Bié durante oito anos, disse que deixa o partido sólido e reestruturado, mas exortou os militantes a empreenderem mais dinamismo para responder aos objectivos a que o partido se propôs.

“O camarada Presidente (João Lourenço), durante o congresso, revolucionou as nossas estruturas e temos que nos sujeitar a estas transformações”, disse o secretário-geral, numa clara alusão às alterações que se registam na liderança do partido.

Para Boavida Neto, “é preciso dar espaço, buscar outras sensibilidades e procurar no seio dos militantes outras pessoas que possam fazer a diferença.”

O secretário-geral acredita num trabalho profícuo para o MPLA e a Nação no geral porque, segundo ele, há muito boa gente e, consequentemente, bons militantes que podem fazer melhor.
Boavida Neto, que também é governador provincial do Bié, deve ser nos próximos dias exonerado deste cargo para se dedicar exclusivamente à actividade partidária. (Jornal de Angola)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.