Radio Calema
InicioMundoÁfricaMuseveni acusa países ocidentais de ingerência

Museveni acusa países ocidentais de ingerência

O Presidente do Uganda, Yoweri Museveni, acusou domingo os países ocidentais de interferir nos assuntos internos do Uganda através das ONG de certos opositores políticos.

Num discurso publicado em directo a partir da Casa de Estado de Entebbe, 35 quilómetros a Sudeste de Kampala, Museveni disse que tais agentes utilizam políticos da oposição para provocar situação de desordem no Uganda com a intenção de ofuscar o crescimento económico do país.

O presidente considerou irónico o facto de os Estados Unidos estarem a reclamar sobre a presumível intervenção russa na sua eleição, apesar de não ver nenhum problema na sua interferência nos assuntos de outros países.

Estes “elementos parasitas externos isolados do Uganda, sublinha Museveni, acrescentando ser importante que os actores externos se abstenham de interferir nos assuntos internos de outros países.

“Se existe algum problema na nossa casa, nós, os ocupantes, o resolveremos”, disse.

Museveni teceu estas afirmações devido a uma série de manifestações que ocorreram em Kampala, capital ugandesa, depois da prisão e da presumível tortura de legisladores da oposição no mês passado, que foram presos e acusados de traição.

O governo ugandês afirmou que estes políticos são financiados por agentes estrangeiros.

Segundo Museveni, a campanha”maldosa” poderá afectar o turismo no país e por fim, a economia em fase de crescimento.

Acrescentou ainda que o governo é atacado com diversos estrangulamentos de desenvolvimento, tais como no sector da energia e das infra-estruturas de transporte. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.