Radio Calema
InicioEconomiaSonagás fornece cerca de 75 milhões pés cúbicos de gás ao ciclo...

Sonagás fornece cerca de 75 milhões pés cúbicos de gás ao ciclo combinado

Cerca de setenta e cinco milhões de pés cúbicos de gás natural é a quantidade que a Sonagás está desde Novembro de 2017 a fornecer diariamente à central do ciclo combinado instalada no município do Soyo, província do Zaire, informou o presidente da comissão executiva da Sonagás, Mário Graça.

Em declarações à imprensa, à margem da visita de trabalho de algumas horas que o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo efectuou quinta-feira ao Soyo, o responsável disse que o gás está a ser fornecido através de um gasoduto que sai da fábrica Angola LNG à central do ciclo combinado, numa extensão de dezasseis quilómetros.

De acordo com a fonte, os trabalhos de comissionamento em curso estão a decorrer de forma satisfatória uma vez que a central já dispõe de duas turbinas prontas das seis concebidas no projecto.

“A primeira fase do projecto permitiu-nos entregar à central do ciclo combinado 75 milhões de pés cúbicos de gás por dia. A segunda fase prevê fornecer 125 milhões pés cúbicos, necessárias para a central operar na sua plenitude”, referiu.

Realçou o empenho dos Ministérios dos Recursos Minerais e Petróleos e da Energia e Águas na conclusão deste projecto.

Na primeira fase, prosseguiu, foi construída uma linha directa de gasoduto do ponto de recepção de gás do Angola LNG até a central do ciclo combinado do Soyo.

Acrescentou que na segunda fase será instalada uma unidade de recepção e redistribuição de gás para central do ciclo combinado e para outros projectos a serem implantados na região.

Dados técnicos disponíveis apontam que este processo de produção de energia diminui a emissão de gases poluentes e promove a diversificação da matriz de geração eléctrica nacional, além de compensar a redução de energia produzida nas centrais hídricas no período seco e garantir continuidade e fiabilidade do serviço.

Com uma potência total de 750 MW a instalar, dos quais 500 MW para o ciclo simples com turbinas a gás e mais 250 MW com turbinas a vapor (perfazendo o ciclo combinado), a central tem quatro turbinas a gás e alternadores de 125 MW, quatro caldeiras de recuperação de calor para geração de vapor, duas turbinas a vapor e um alternador de 125MW.

No ciclo combinado, os gases resultantes da combustão do gás atingem temperaturas superiores a 500 graus centígrados. Estes são aproveitados numa caldeira de recuperação de calor onde se produz vapor usado para accionar uma turbina a vapor. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.