Radio Calema
InicioAngolaRegiõesFalta de subsídios reduz número de alfabetizadores no Cazenga

Falta de subsídios reduz número de alfabetizadores no Cazenga

A falta de subsídios e condições dignas de trabalho para os alfabetizadores obrigou ao encerramento de algumas salas do ensino de adultos, no município do Cazenga, em Luanda, disse a responsável do sector, Amélia Victoriano.

De acordo com a responsável, que falava a propósito do 8 de Setembro, Dia Mundial da Alfabetização , a desmotivação provocou a redução do número de professores do ensino de adultos.

O município do Cazenga trabalha, actualmente, com 169 professores no projecto ” Sim Eu Posso”, quando anteriormente contavam com 310 profissionais para os seis distritos urbanos.

Para o presente ano lectivo, segundo Amélia Victoriano, estão inscritos 909 alunos para a primeira fase e 521 alfabetizandos na segunda fase, devendo de quadro em quatro meses os alunos serem avaliados.

Explicou que o módulo um corresponde a 1ª e 2ª classes, modulo dois a 3ª e 4ª classes e o módulo três condiz a 5ª e 6ª classes. No módulo três o aluno com bom aproveitamento transita para a 7ª classe do ensino regular.

A responsável disse que em 2019, o Cazenga vai arrancar com o modulo quatro do projecto ” Sim eu posso”.

O Cazenga é um dos sete municípios que constituem a província de Luanda e tem 41,2 quilómetros quadrados e 862 351 de habitantes (Censo 2014). Limita a Oeste com os municípios de Luanda, a Norte com o município de Cacuaco a este com o município de Viana e a Sul com o Kilamba Kiaxi.

Cazenga conta com os distritos urbanos do Tala-Hadi, Hoji ya Henda, Cazenga, 11 de Novembro Kima-kieza e Calawenda. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.