Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Governador de Cabinda promete regresso do Prémio Provincial de Jornalismo

O governador de Cabinda, Eugénio Laborinho, prometeu o regresso do Prémio Provincial do Jornalismo, e do Muanza do Jornalista, interrompidos desde 2015 por razões da crise financeira que se vem registando no país.

Falando, segunda-feira, no primeiro encontro com os jornalistas locais de diferentes órgãos de comunicação social, Eugénio Laborinho, nas vestes de 1º. Secretário do MPLA em Cabinda, disse que o regresso do Prémio Provincial do Jornalismo será uma alavanca que vai contribuir para a solução de alguns problemas sociais que alguns jornalistas ainda enfrentam.

“Vai ajudar na solução de alguns problemas sociais no seio da classe e também vai incentivar ou mesmo motivar a melhoria na qualidade e empenho dos profissionais na recolha, tratamento e divulgação dos conteúdos noticiosos, disse.

O encontro de auscultação aos jornalistas serviu também para tomada de conhecimento dos principais problemas que enfrentam, bem como nos próprios órgãos com objectivo de se encontrar soluções em parceria com os Presidentes dos Conselhos de Administração a nível de Luanda para a melhoria das condições mais adequadas tanto as sociais como as de trabalho e acomodação da classe.

Os meios de transportes, reabilitação das infraestruturas, ferramentas de trabalho (gravadores, computadores), melhoria dos sinais de internet são de entre outros assuntos que dominaram o encontro para além de se prestar atenção no que toca as condições sociais dos jornalistas no caso de casa própria.

De referir que, o Prémio Provincial de Jornalismo é uma edição de iniciativa do Governo da Província de Cabinda e a Secretaria Provincial da Comunicação Social com objectivo de incentivar a classe na melhoria do exercício das suas actividades e na viabilidade de mitigar alguns problemas sociais entre os profissionais.

Concorrem no prémio, no valor global de 30 mil dólares americanos para cada categoria, todos os profissionais divididos em 4 classes, nomeadamente, Imprensa, Televisão, Rádio e Fotojornalismo e Imagem.

A 13ª foi a última edição, realizada em Agosto de 2015. O vencedor de cada categoria cabia-lhe o montante de 20 mil dólares equivalente em Kwanzas e para o 2º classificado, 8 mil, enquanto os dois mil serviam para a menção honrosa. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »