Radio Calema
InicioMundoMédio OrienteDezenas de milhares de rebeldes estão em Idlib, diz Lavrov

Dezenas de milhares de rebeldes estão em Idlib, diz Lavrov

Dezenas de milhares de extremistas liderados pelo grupo terrorista Jabhat Fatah al Sham, ou Jabhat al-Nusra, que foi banido na Rússia, permanecem na província síria de Idlib, segundo afirmou o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.

“A única zona de diminuição de conflito continua em Idlib, onde várias dezenas de milhares de extremistas ainda estão implantados. Eles são chefiados pelo Jabhat al-Nusra”, disse Lavrov à emissora russa Channel 1 nesta terça-feira (4).

O ministro destacou que o grupo é reconhecido como um grupo terrorista pela
Organização das Nações Unidas (ONU) e representa a maior ameaça à estabilidade na Síria.

Lavrov acrescentou que tanto a Rússia quanto o Irão estão operando na Síria a convite direto de Damasco, enquanto outros países agem na região de forma ilegal.
A província de Idlib é uma das zonas de diminuição de conflito da Síria e um reduto remanescente da insurgência no país.

A situação na província recentemente piorou após Moscovo e Damasco alertarem que os militantes locais estão planeando forjar um ataque químico contra civis para acusar o governo sírio.

Na segunda-feira (3), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu ao governo sírio, bem como à Rússia e ao Irã, para evitar a possível ofensiva do exército sírio em Idlib, dizendo que isso se trataria de um grande erro humanitário. (Sputnik)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.