Radio Calema
InicioAngolaSociedadeReposta circulação no troço Dundo/Nzaji na EN 180A

Reposta circulação no troço Dundo/Nzaji na EN 180A

A circulação rodoviária no troço Dundo/Nzaji, na Estrada Nacional 180A, foi reposta hoje, terça-feira, depois de seis dias de interdição em função de um acidente de viação ocorrido no passado dia 30 de Agosto sobre a ponte do rio Chiumbwe.

O director do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) na Lunda Norte, Domingos António, disse que para a execução dos trabalhos foi necessário desarmar em primeiro lugar o veículo pesado que se encontrava no local, actividade concluída em apenas um dia, o que facilitou o início da reparação da estrutura da ponte com a substituição de tabuleiros e painéis.

Salientou ainda que o seguinte passo será, em parceria com a Direcção de Viação e Trânsito, a sinalização vertical e horizontal, visto que a questão da iluminação pública é da responsabilidade das administrações municipais.

Por outro lado, o chefe do Departamento de Engenheira do Projecto Chitotolo, Carlos Amado, manifestou o engajamento técnico e material para a realização do normal funcionamento da ponte, ressaltando a falta de alguns suportes na estrutura que deverá ser intervencionada periodicamente, por forma a evitar-se maiores danos na ponte.

Já o comandante da Unidade de Trânsito do município do Chitato, Abílio Hélder, chamou atenção aos automobilistas no sentido de utilizarem o troço com absoluta prudência, por apresentar-se com uma passagem estreita e de um único sentido, havendo a necessidade também da colocação de quebra-molas, visto que a conexão encontra-se situada em duas curvas de reduzida visibilidade.

Referiu ao reforço da acção policial, que por falta de iluminação pública não funciona no local no período noturno e a necessidade de colocação de balança para a fiscalização das toneladas previstas naquela estrutura metal.

No entanto, o governador provincial, Ernesto Muangala, que acompanhou o desenvolvimento dos trabalhos mostrou o seu apreço a todos quanto engajaram-se em tempo record para a reposição da circulação e disse que a preocupação da Administração local do Estado era a restituição do tráfego entre os municípios sede do Chitato e Cambulo.

Anunciou que esforços estão a ser evidenciados junto do Ministério das Obras Públicas, no sentido de se construir uma ponte definitiva, com arranque previsto para o final do ano, sendo a única via de ligação do Dundo/Nzaji e também com algumas províncias da República Democrática do Congo (RDC).

Os sinistrados encontram-se ilesos, mas que a empresa proprietária do veículo pesado, segundo o Governo, será responsabilizada pelos danos causados no local, estando já o processo na procuradoria. Até as primeiras horas do dia, estavam mais de cinquenta camiões estacionados nos dois sentidos.

Importa referir que a EN 180A comporta três pontes metálicas provisórias sobre o rio Luachimo no Chitato, com 21 metros de comprimento, Chiumbwe e Luxico no Cambulo, com 36 e 12 metros de comprimento cada, num percurso de 90 quilómetros do Dundo ao Nzaji. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.