Radio Calema
InicioAngolaRegiõesGabinete de Acção Social forma 82 vigilantes infantis em Benguela

Gabinete de Acção Social forma 82 vigilantes infantis em Benguela

Oitenta e duas formandas dos municípios de Benguela e do Lobito concluíram, hoje, terça-feira, nesta cidade, um curso de vigilância infantil, na Escola de Formação de Técnicos de Serviço Social, promovido pelo Gabinete Provincial de Acção Social, Família e Igualdade do género.

A acção formativa teve duração de três meses e capacitou as participantes em matérias sobre desenvolvimento das crianças, de zero aos cinco anos de idade, saúde, puericultura, metodologias de música, jogo, história, expressão plástica e estágio metodológico.

Segundo a responsável da referida escola, Maria Quintino, a instituição está a formar numa primeira fase vigilantes, mas posteriormente vai formar educadoras sociais.

A formanda Flora Chimuco considera-se agora melhor preparada para trabalhar com crianças, pois, embora já tenha “jeito” para lidar com essa classe, com o que aprendeu, vai poder “refinar” o seu desempenho, sustentou.

“O gosto por criança vem do facto de ter nascido num berço religioso e espero agora poder retribuir o carinho e amor que sempre tive às demais crianças”, explicou.

A vigilante pretende conseguir emprego em instituições de assistência social à crianças, quer públicas ou privadas.

Já Adriana Pembe, outra vigilante, considera que ao trabalhar com crianças funciona como uma terapeuta, pois é necessário que a pessoa tenha amor ao próximo e sensibilidade para ouvir, entender e os educar.

A formanda referiu que participou da acção formativa por gostar de crianças e por ter a paciência e humildade suficiente para os entender.

A Escola de Formação de Técnicos de Serviço Social já formou 409 vigilantes infantis em cerca de cinco anos. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.