Radio Calema
InicioMundoAmérica do SulPresidente argentino anuncia plano de austeridade face à queda do peso

Presidente argentino anuncia plano de austeridade face à queda do peso

O presidente argentino, Mauricio Macri, anunciou hoje um plano de austeridade incluindo a supressão de vários ministérios e uma maior taxação das exportações, para reduzir o défice e estabilizar a economia, face à queda do peso.

“Devemos enfrentar um problema de base: não gastar mais do que o que temos, fazer esforços para equilibrar as contas do Estado”, declarou Macri numa mensagem televisiva dirigida ao país.

O anúncio acontece na véspera de uma reunião em Washington, na qual a Argentina vai pedir ao Fundo Monetário Internacional (FMI) uma aceleração do programa de ajuda à terceira economia da América Latina.

O peso argentino caiu mais de 50% desde o início do ano.

O presidente chamou a atenção para a “urgência” da situação, mas adiantou: “Enfrentamos as dificuldades da melhor maneira. Vamos ultrapassar a crise cuidando dos mais necessitados”.

Prometeu “o reforço dos subsídios, os programas alimentares e o plafonamento (estabelecimento de limites) do preço de alguns produtos”.

A supressão de alguns ministérios — o governo de 22 membros passa para menos de metade – traduzir-se-á numa diminuição ao nível do orçamento e de efectivos.

Macri disse que vai pedir “aqueles que têm mais capacidade de contribuir” que o façam e lamentou que, sendo a Argentina “potencialmente dos países mais ricos do mundo”, um terço da sua população viva na pobreza.

O presidente disse ainda que “esta crise não vai ser mais uma, tem de ser a última”.

“Temos de seguir em frente juntos, com a determinação de que podemos fazê-lo. Tenho a força necessária e estou aqui para vocês”, declarou Macri na sua mensagem aos argentinos. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.