Portal de Angola
Informação ao minuto

Egipto aprova lei para combater notícias falsas nas redes sociais

(© Lusa)

O Presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, aprovou uma lei que permite o controlo de algumas contas de utilizadores de redes sociais, numa tentativa de combater as notícias falsas, informou no sábado o jornal oficial.

De acordo com a nova lei, as contas com mais de 5.000 seguidores estão sujeitas à supervisão das autoridades, que podem bloquear o conteúdo se considerar que as mesmas “publicam ou divulgam notícias falsas”.

As autoridades podem também suspender as contas dos utilizadores que “incitam à violência e ao ódio”, refere a mesma publicação.

Em meados de agosto, o Presidente emitiu uma controversa lei de “luta contra o crime informático”, que permite às autoridades bloquearem qualquer site cujo conteúdo constitua “uma ameaça à segurança nacional” ou à economia.

Mais de 500 sites de notícias e de organizações não-governamentais estão atualmente bloqueados no Egito, segundo a Associação de Liberdade de Pensamento e Expressão (AFTE), com sede no Cairo.

A Amnistia Internacional criticou as duas leis numa declaração publicada em julho, afirmando que ambas violavam a liberdade de expressão.

Num contexto difícil em questões económicas e de segurança, as autoridades afirmam querer lutar contra o “terrorismo” e tudo aquilo que possa prejudicar os “interesses do país”. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »