Radio Calema
InicioAngolaRegiõesCuanza Norte: Energia eléctrica chega a Kirima do Hola e Pamba do...

Cuanza Norte: Energia eléctrica chega a Kirima do Hola e Pamba do Sector

Perto de mil habitantes das localidades do Kirima do Hola e Pamba do Sector, na província do Cuanza Norte, beneficiam desde sexta-feira do fornecimento de energia eléctrica a partir da barragem de Capanda.

Os sistemas, construídos no âmbito do programa do governo da província que visa electrificar as comunidades rurais da circunscrição, foram inaugurados pelo governador provincial, José Maria Ferraz dos Santos.

O projecto consubstanciou-se na instalação de um posto de transformação de 100 kva, 100 ligações domiciliares e 30 postos de iluminação pública em cada um destes bairros.

As comunidades de Kirima do Hola e Pamba do Sector, também conhecida por Pamba Real, situadas ao longo da Estrada Nacional 230, no troço Ndalatando/ Lucala, nunca tinham beneficiado de energia eléctrica.

Para o soba da Pamba do Sector, Gonçalves Dumbo, a inauguração do sistema eléctrico na localidade vai contribuir para o melhoramento da qualidade de vida das populações, trazendo o desenvolvimento à localidade.

Gonçalves Dumbo referiu que os habitantes da sua aldeia abandonavam a comunidade para se instalarem noutras regiões, por falta de condições como energia, água potável e posto de saúde.

Na ocasião, o governador, José Maria dos Santos, referiu que os níveis de preocupações das populações ainda são bastantes acentuados, mas existem muita vontade e dedicação do governo da província em continuar a resolver os problemas que visam a melhoria da qualidade de vida nas comunidades.

Frisou que o governo tem feito investimentos avultados na edificação de infra-estruturas, o que deve merecer a devida protecção e conservação por parte dos beneficiários. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.